domingo, 16 de julho de 2017

GRATA, POR SUAS VISUALIZAÇÕES!



Fonte: brpinterest.com/pin

HISTÓRIAS DE FAMÍLIA


Minha casa se transformou num atelier, tive grande ajuda das amigas da igreja, sem elas não conseguiria fazer. Mesmo assim foram várias noites dormindo de madrugada, e levantando cedo, pois as netas 7,30hs, já estavam na porta.
Mas sabe, quando você faz o que gosta e te da prazer, você até cansa, mas não se importa com nada.
Lembrei muito da minha mãe Iracema, se viva fosse, com certeza, estaria com a mão na massa me ajudando.
E por falar em ajuda, até o avô fez a parte dele, na última foto, eu estava na maquina e ele ajudando a cuidar da Issa, a netinha naquela época com 2 aninhos, agora já completou os 3.
Isso foi final em abril de 2017, e já deu saudade.
Fotos: Maria Auxiiadora

HISTÓRIAS DA FAMÍLIA

 
 
Na igreja que faço parte, tínhamos a frente um jantar dançante, sem querer gastar muito, desenvolvi essa ideia de fazer com material reciclável, os vidros  pequenos são de geléia e grandes de conservas.  Esses foram amostrar, a coordenadora gostou e pediu para dar prosseguimento a ideia.
Fotos Maria Auxiliadora.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

DICA

FONTE:br.pinterest.com/pin

TENHAM UM BOM DIA!

FONTE:br.pinterest.com/pin

A HISTÓRIA DE MASCHA

 
  Vou retomar aqui a contar a historia de Mascha, a gatinha que com seus irmãos foram abandonados por sua mãe com dois dias de vida.
  Bem, como já contei depois de vê-la rastejando no chão com a barriguinha muito grande, e dizer a mim mesma que não me envolveria, não aguentei de dó ao chegar dentro de casa, voltei e os busquei, coloquei-os dentro de uma caixa e comecei a trata-lós. 
  Os seus irmãozinhos não sobreviveram, mas a Mascha, (nome escolhido pelas netas, suas madrinhas) lutava pela sua sobrevivência, era tão pequenininha que tinha que se alimentar por um conta-gotas. 
Comecei a dar leite em pó para ela, mas logo meu cunhado me deu a dica de comprar leite de cabra, dias depois minha filha também se apadrinhou  e pagou uma consulta para ela, onde recebi as instruções sobre sua alimentação.
 Como a vida é bela, é muito gratificante você ver um ser tão indefeso, lutar para sobreviver dia a dia, tinha medo de ela se afogar, mas aos pouquinhos fomos pegando jeito, eu de dar a mamadeira e ela de mamar. 
Segue...
Maria Auxiliadora ( filha de Iracema)



Seguidores